segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Experiencia - Rapel

Oi pessoal. Espero que todos estejam bem.
No sábado dia 19 de janeiro de 2013, tive a oportunidade de praticar um exporte radical emocionante e mega molhado e um tanto gelado. Não tenho do que reclamar pois estava acompanhada de colegas queridos de trabalho. Não haveria outra maneira de ter essa oportunidade a não ser pelo meu trabalho o qual eu adoro.
Bem em relação ao rapel não posso dizer que é a minha primeira experiencia pois já havia feito antes só que a  primeira vez não foi tão radical quanto a segunda, a primeira vez que fiz rapel foi em uma daquelas exposições das forças armadas em festas, foi em uma festa que aconteceu no ano de 2011 na cidade vizinha á minha.

Já a segunda vez foi sensacional, depois de alguns quilômetros andados de carro paramos em uma entrada deixamos o carro e la fomos nos caminhar mais quarto quilômetro de decida até a cachoeira onde faríamos o rapel.
Chegamos até a cachoeira, olhando lá decima para baixo onde ela caia como um lindo véu não parecia ser tão alto 38 metros de altura pareciam nada mais que 10 metros olhando lá de cima, então o pessoal topou descer por uma trilha para olhar a cachoeira de baixo tivemos que descer por um barranco agarrando-nos em raízes, arvores pois era muito inclinado, chegamos ao "pé" da cachoeira dali abaixo dava para ver o quão alta e bela é essa cachoeira depois de apreciarmos ela subimos novamente o barranco para os que fariam rapel fui a segunda do grupo, do meu trabalho a descer, embora eu tenha caído logo no incio da decida, e ao sentir a água gelada batendo diretamente sobre meu corpo e ter demorado alguns minutos para conseguir me levantar e continuar a decida prossegui com a aventura embora mais adiante eu não consegui enxergar direito pela vazão da água não consegui ver um buraco acabei esfolando a perna depois de algum tempo eu e o instrutor já estávamos  bem próximos ao poço onde a água se acumula da queda, na base da cachoeira há uma pequena caverna de cerca de 3 metros de altura e 3 metros de diâmetro, entramos nessa caverna logo depois de tirar as cordas deveríamos pular, como tenho pouca experiencia com lugares que onde não dá pé fiquei com medo, pois não sei nadar, mas como orientada pelos demais que estavam no lugar pulei dei cerca de duas a quatro braçadas e já estava no raso foi uma ótima experiencia pois alem de ter uma equipe de aventureiros experiente estava com colegas querido. (essa experiencia só foi possível pois o caderno jovem do jornal em que trabalho foi convidado para participar do desafio, confira aqui a reportagem OBS: Para visualizar a reportagem vá na opção Edições > Janeiro 2013 - 22/01 Terça-Feira -Cadernos> Na Pilha)
Mais fotos no Face
Descendo....

.....

.....

Dando uma escorregada básica.

Podendo enfim acenar com as mão principalmente com a direita.

Conferindo os aranhões!

Me preparando para uma subida ingrime até o alto da Cachoeira.

4 comentários:

  1. Nossa as fotos ficaram otimas miguxa, realmente pareceu muito encrivel!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é incrível to pronta pra outra.

      Excluir
  2. Gente, eu estou começando com o meu blog agora, e queria muito que vocês me ajudassem ^-^ basta seguir e comentar, me ajudem? por favorzinho ?! *-*

    http://reinadodasotomeskawaiis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir